Ceará vira o jogo decisivo e fatura o título

Publicado em: 24/03/2019 13:49
Seleção do Ceará, campeã neste domingo (Créditos: Divulgação/CBV)

O Ceará é campeão invicto do Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) sub-16 feminino Primeira Divisão de vôlei. Neste domingo (24.04), a seleção que representa o estado cearense disputou uma partida emocionante e precisou virar o jogo contra a Paraíba para faturar o título da competição que teve início na última quarta-feira (20.03), no CDV, em Saquarema (RJ).

No primeiro compromisso do dia, Alagoas levou a melhor sobre Amazonas ao vencer por 3 sets a 1 (25/17, 22/25, 25/15 e 25/12). Depois, então, foi a vez do Espírito Santo derrotar Mato Grosso na partida que terminou em 3 sets a 1, com parciais de 25/18, 22/25, 25/17 e 25/13.

O Rio Grande do Norte garantiu a terceira colocação ao derrotar Goiás por 3 sets a 0 (25/11, 25/18 e 25/12) e, em uma emocionante partida, a seleção do Ceará perdeu os dois primeiros sets e precisou virar o jogo sobre a Paraíba para garantir a medalha de ouro. As cearenses venceram por 3 sets a 0, com parciais de 21/25, 24/26, 25/14, 25/9 e 15/8.

O técnico do Ceará, Raphael Dantas, comemorou muito a conquista, em especial a chance de ter dado oportunidade a todo o grupo jogar ao longo do campeonato.

“Sou treinador da infanto e foi meu primeiro ano na infantil. Começamos a treinar desde o fnal do ano passado. Sabemos que é difícil, sete jogos em cinco dias é desgastante, mas viemos sempre na perspectiva de vencer os jogos e, ao mesmo tempo, tentar encaixar todas as atletas em algusn jogos para que todo o grupo estivesse bem na reta final. E isso aconteceu hoje, quando nossa equipe esteve muito bem para jogar os cinco sets”, comentou Raphael.

O treinador campeão ainda fez questão de elogiar o desempenho de suas comandadas, principalmente depois de perderem os dois primeiros sets na partida decisiva.

“Há uma rivalidade regional, vinhamos de derrota para elas no regional e elas tinham moral sobre o nosso time, mas hoje nosso físico esteve superior, o jogo encaixou e deu para ver pelas parciais que vencemos que o nosso time esteve bem. Essa é uma idade mais difícil de trabalhar, uma idade que se assusta facilmente com determinadas situações, ma fizemos nossa preparação mental e elas não desistiram do jogo em momento nenhum”, concluiu Raphael Dantas.

O Ceará encerrou o CBS sub-16 feminino Primeira Divisão na liderança com 20 pontos e sem perder nenhum jogo. A seleção da Paraíba ficou com a medalha de prata, terminando com 17 pontos, e o Rio Grande do Norte foi o terceiro colocado, com 15 pontos.

Mato Grosso foi o quarto colocado ao somar 11 pontos. A seleção do Espírito Santo terminou na quinta colocação, também com 11 pontos, seguido por Alagoas (seis pontos), Goiàs (três pontos), e Amazonas, que teve um ponto na classificação geral.

A tradicional competição de base do voleibol brasileiro já teve quatro competições em 2019. No sub-18 Primeira Divisão, o título ficou com a seleção da Paraíba, enquanto na Divisão Especial o campeão foi o Rio de Janeiro. Na categoria sub-19 masculino, realizada na semana passada, o vencedor da Primeira Divisão foi Ceará. Na Divisão Especial, o título ficou com São Paulo.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1º - Ceará

2º - Paraíba

3º - Rio Grande do Norte

4º - Mato Grosso

5º - Espírito Santo

6º - Alagoas

7º - Goiás

8º - Amazonas

CBS SUB-16 FEMININO PRIMEIRA DIVISÃO

PRIMEIRA RODADA – 20.03 (QUARTA-FEIRA)

Jogo 1 – Rio Grande do Norte 3 x 0 Amazonas (25/12, 25/13 e 25/10)

Jogo 2 – Goiás 1 x 3 Alagoas (17/25, 25/16, 8/25 e 21/25)

Jogo 3 – Espírito Santo 0 x 3 Paraíba (23/25, 23/25 e 23/25)

Jogo 4 – Mato Grosso 1 x 3 Ceará (25/16, 9/25, 19/25 e 22/25)

SEGUNDA RODADA – 21.03 (QUINTA-FEIRA)

Jogo 5 – Rio Grande do Norte 3 x 0 Alagoas (25/10, 29/27 e 25/15)

Jogo 6 – Goiás 3 x 1 Amazonas (25/22, 23/25, 25/23 e 25/18)

Jogo 7 – Espírito Santo 1 x 3 Ceará (15/25, 25/19, 12/25 e 20/25)

Jogo 8 – Mato Grosso 3 x 2 Paraíba (25/17, 23/25, 22/25, 25/20 e 15/12)

TERCEIRA RODADA – 21.03 (QUINTA-FEIRA)

Jogo 9 – Espírito Santo 3 x 1 Alagoas (24/26, 25/10, 25/15 e 25/17)

Jogo 10 – Mato Grosso 3 x 0 Amazonas (27/25, 25/11 e 25/14)

Jogo 11 – Rio Grande do Norte 1 x 3 Ceará (10/25, 25/20, 22/25 e 22/25)

Jogo 12 – Goiás 0 x 3 Paraíba (13/25, 19/25 e 16/25)

QUARTA RODADA – 22.03 (SEXTA-FEIRA)

Jogo 13 – Espirito Santo 3 x 2 Amazonas (25/18, 17/25, 17/25, 25/17 e 15/13)

Jogo 14 – Mato Grosso 3 x 0 Alagoas (25/16, 25/17 e 25/20)

Jogo 15 – Rio Grande do Norte 1 x 3 Paraíba (23/25, 14/25, 25/23 e 22/25)

Jogo 16 – Goiás 0 x 3 Ceará (19/25, 23/25 e 15/25)

QUINTA RODADA – 23.03 (SÁBADO)

Jogo 17 – Rio Grande do Norte 3 x 1 Espírito Santo, (25/20, 25/19, 22/25 e 25/14)

Jogo 18 – Goiás 1 x 3 Mato Grosso (18/25, 19/25, 25/20 e 22/25)

Jogo 19 – Ceará 3 x 0 Amazonas (25/17, 25/12 e 25/15)

Jogo 20 – Paraíba 3 x 0 Alagoas (25/12, 25/22 e 27/25)

SEXTA RODADA – 23.03 (SÁBADO)

Jogo 21 – Ceará 3 x 0 Alagoas (25/13, 25/22 e 26/24)

Jogo 22 – Paraíba 3 x 0 Amazonas (25/9, 25/8 e 25/7)

Jogo 23 – Rio Grande do Norte 3 x 1 Mato Grosso (23/25, 25/19, 25/18 e 25/20)

Jogo 24 – Goiás 0 x 3 Espírito Santo (21/25, 17/25 e 9/25)

SÉTIMA RODADA – 24.03 (DOMINGO)

Jogo 25 – Amazonas 1 x 3 Alagoas (17/25, 25/22, 15/25 e 12/25)

Jogo 26 – Ceará 3 x 2 Paraíba (21/25, 24/26, 25/14, 25/9 e 15/8)

Jogo 27 – Espírito Santo 3 x 1 Mato Grosso (25/18, 22/25, 25/17 e 25/13)

Jogo 28 – Goiás 0 x 3 Rio Grande do Norte (11/25, 18/25 e 12/25)

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro 


Parceiros Oficiais