Temporada 2017 contou com 14 eventos que movimentaram as categorias de base

Publicado em: 21/12/2017 10:21
Premiação da divisão especial sub-17 feminino (Créditos: Raphael Oliveira/MPIX/CBV)

O tradicional Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) teve um longo calendário de competições na temporada 2017. Somados às Taças Sami Mehlinski e Potengi de Lucena, foram realizados ao todo 14 torneios, com mais de 1300 jovens atletas em ação. Assim como aconteceu no ano anterior, cada categoria foi dividida em três divisões com oito equipes cada. Saquarema (RJ), no litoral fluminense foi sede de oito destes eventos.

As três divisões da categoria sub-17 feminina aconteceram em três sedes diferentes. Uberlândia, no triângulo mineiro, recebeu a divisão especial, que teve a seleção de Santa Catarina como grande campeã ao bater o time do Rio de Janeiro, de virada, por 3 sets a 1 (17/25, 25/18, 25/14 e 25/21), no dia 27 de maio. São Paulo ficou com o bronze. Na primeira divisão a equipe de Goiás levou a melhor sobre o Ceará por 3 sets a 1 (25/22, 25/15, 15/25 e 25/21), em 27 de outubro, enquanto o Distrito Federal terminou em terceiro, no torneio realizado em Fortaleza (CE). Pernambuco venceu a disputa da segunda divisão ao passar pelo time de Sergipe por 3 sets a 1 (25/18, 20/25, 25/22 e 25/10), em 24 de outubro, em Saquarema. A terceira posição foi para Mato Grosso do Sul.

Os torneios sub-18 masculinos aconteceram em maio e setembro de 2017. O evento que abriu a temporada para a categoria foi a divisão especial, em Uberlândia, que terminou com vitória da seleção do Rio de Janeiro na final sobre os donos da casa, por 3 sets a 1 (25/21, 20/25, 25/15 e 25/19), com os paulistas em terceiro. A primeira e a segunda divisão aconteceram simultaneamente no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema. A seleção de Mato Grosso ficou com o título da primeira, enquanto o Espírito Santo levantou o troféu da segunda.

São Sebastião do Paraíso (MG) recebeu no início de outubro a divisão especial sub-19 feminina. A decisão foi entre São Paulo e Rio de Janeiro, com triunfo paulista por 3 sets a 0 (25/11, 26/24 e 25/19), enquanto as catarinenses ficaram em terceiro. Na primeira divisão da categoria, realizada em Maceió (AL), o time do Paraná ficou com o ouro depois de vencer o Rio Grande do Norte por 3 sets a 1 (25/22, 22/25, 25/19 e 25/19), e o Ceará levou o bronze. Saquarema recebeu a segunda divisão com as goianas sagrando-se campeãs. Elas venceram as meninas do Amazonas por 3 sets a 0 (25/20, 25/20 e 25/14). Rondônia completou o pódio.

O sub-20 masculino teve dois eventos realizados em março em Saquarema, a divisão especial e a primeira divisa, e foi finalizado em outubro, com a segunda divisão, em Maceió. Na especial São Paulo foi campeão, venceu o Rio de Janeiro por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/23), e o Paraná terminou em terceiro. A primeira divisão teve o Ceará no lugar mais alto do pódio. Os cearenses levaram a melhor sobre o time de Mato Grosso por 3 sets a 0 (25/22, 25/17 e 25/16), com os paraibanos na terceira posição. A segunda divisão foi definida apenas no quinto set com a equipe baiana em primeiro, o Mato Grosso do Sul em segundo e Rondônia em terceiro.

No encerramento da temporada, as Taças Sami Mehlinsky e Potengi de Lucena reuniram as seleções estaduais das categorias sub-16 masculino e sub-15 feminino, respectivamente. Entre os dias 4 e 8 de dezembro foi a vez dos meninos disputarem o título da Taça Sami, evento realizado no CDV. De forma invicta, a equipe do Rio de Janeiro ficou com o ouro. Os cariocas venceram o time do Rio Grande do Sul na decisão por 3 sets a 0 (25/15, 25/22 e 25/21). Em terceiro lugar ficaram os catarinenses.

O último evento de 2017, no calendário do CBS, a Taça Potangi de Lucena foi realizada em Araxá, no interior de Minas Gerais. O fator casa fez a diferença para o time mineiro que terminou no lugar mais alto do pódio. A seleção de Minas Gerais foi campeã invicta ao passar pelo time paranaense por 3 sets a 0 (25/20, 25/19 e 25/13). Em terceiro lugar foi para as catarinenses.

 

PÓDIOS EM 2017

Sub-20 Masculino Divisão Especial

1 – São Paulo

2 – Rio de Janeiro

3 – Paraná

Sub-20 Masculino 1ª Divisão

1 – Ceará

2 – Mato Grosso

3 – Paraíba

Sub-20 Masculino 2ª Divisão

1 –  Bahia

2 – Mato Grosso do Sul

3 – Rondônia

Sub-19 Feminino Divisão Especial

1 – São Paulo

2 – Rio de Janeiro

3 –  Santa Catarina

Sub-19 Feminino 1ª Divisão

1 – Paraná

2 – Rio Grande do Norte

3 – Ceará

Sub-19 Feminino 2ª Divisão

  1. Goiás
  2. Amazonas
  3. Rondônia

Sub-18 Masculino Divisão Especial

1 – Rio de Janeiro

2 – Minas Gerais

3 – São Paulo

Sub-18 Masculino 1ª Divisão

1 – Mato Grosso

2 – Paraíba

3 – Distrito Federal

Sub-18 Masculino 2ª Divisão

1 – Espírito Santo

2 – Rio Grande do Norte

3 – Pernambuco

Sub-17 Feminino Divisão Especial

1 – Santa Catarina

2 – Rio de Janeiro

3 – São Paulo

Sub-17 Feminino 1ª Divisão

1 – Goiás

2 – Ceará

3 – Distrito Federal

Sub-17 Feminino 2ª Divisão

1 – Pernambuco

2 – Sergipe

3 – Mato Grosso do Sul

Taça Sami Mehlinsky (Sub-16 Masculino)

1 – Rio de Janeiro

2 –  Rio Grande do Sul

3 –  Santa Catarina

Taça Potengi de Lucena (Sub-15 Feminino)

1 –  Minas Gerais

2 –  Paraná

3 –  Santa Catarina

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro


Parceiros Oficiais