Rio de Janeiro vence mais duas e se isola na liderança

Publicado em: 06/12/2017 19:22
Falta apenas uma rodada para definir os semifinalistas (Créditos: Divulgação/CBV)

A fase classificatória da Taça Sami Mehlinsky (sub-16 masculino) de voleibol chega ao momento decisivo com a seleção do Rio de Janeiro na liderança isolada. A equipe carioca é a única invicta na competição após seis jogos, incluindo as duas vitórias da rodada desta quarta-feira (06.12). O campeonato acontece até sexta-feira (08.12) no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

No primeiro compromisso do dia o Rio de Janeiro venceu a seleção paulista por 3 sets a 0 (25/23, 25/19 e 25/17), em 1h21. O desafio seguinte foi contra Minas Gerais com novo resultado positivo, 3 sets a 0 (25/14, 25/20 e 25/15), em 1h10. Os cariocas lideram o grupo único com 17 pontos. Em segundo está a equipe do Rio Grande do Sul, que também conseguiu duas vitórias nesta rodada. A primeira foi sobre os mineiros por 3 sets a 0 (25/16, 25/21 e 25/23), em 1h16. Mais tarde os gaúchos passaram pelo time de São Paulo por 2 sets a 1 (28/26, 18/25 e 25/19), em 1h32.

A seleção de Santa Catarina também venceu duas vezes nesta quarta-feira. O primeiro triunfo foi contra o time de Mato Grosso do Sul por 3 sets a 0 (25/12, 25/15 e 25/11), em uma hora. O duelo seguinte foi contra os mato-grossenses e nova vitória em três sets (25/14, 25/16 e 25/7). A seleção do Paraná se recuperou das derrotas nas rodadas anteriores e venceu duas vezes. Contra o Mato Grosso os paranaenses venceram por 3 sets a 0 (25/14, 25/15 e 25/14), em 1h20. Para fechar o dia, o time paranaense levou a melhor sobre o de Mato Grosso do Sul novamente por 3 sets a 0 (25/12, 25/18 e 25/11), em 1h08.

Nesta quinta-feira (07.12) a rodada começa com o último jogo da fase classificatória, na parte da manhã. Mais tarde serão realizados os jogos semifinais e o início da disputa das posições intermediárias. O regulamento da competição conta com turno único na primeira fase, quando todos jogam entre si em partidas com três sets obrigatórios. Os quatro melhores se avançam para as semifinais, em cruzamento olímpico. A decisão será nesta sexta-feira (08.12).

TABELA

Primeira rodada (04.12)

8h30 – São Paulo 3 x 0 Mato Grosso do Sul (25/21, 25/13 e 25/13)

8h30 – Minas Gerais 2 x 1 Santa Catarina (25/23, 25/20 e 27/29)

10h – Rio Grande do Sul 2 x 1 Paraná (25/21, 23/25 e 25/20)

10h – Rio de Janeiro 2 x 1 Mato Grosso (25/16, 25/7 e 25/8)

16h – São Paulo 3 x 0 Mato Grosso (25/9, 25/9 e 25/15)

16h – Minas Gerais 2 x 1 Paraná (25/20, 25/21 e 23/25)

17h30 – Rio Grande do Sul 1 x 2 Santa Catarina (25/18, 16/25 e 23/25)

17h30 – Rio de Janeiro 3 x 0 Mato Grosso do Sul (25/15, 25/9 e 25/18)

Segunda rodada (05.12)

8h30 – São Paulo 2x1 Paraná (25/18, 25/17 e 20/25)

8h30 – Minas Gerais 3x0 Mato Grosso (25/10, 25/9 e 25/19)

10h – Rio de Janeiro 2x1 Santa Catarina (29/31, 25/15 e 25/17)

10h – Rio Grande do Sul 3x0 Mato Grosso do Sul (25/18, 25/23 e 25/15)

16h – São Paulo 2x1 Santa Catarina (19/25, 25/16 e 25/19)

16h – Minas Gerais 3x0 Mato Grosso do Sul (25/15, 25/11 e 25/21)

17h30 – Rio Grande do Sul 3x0 Mato Groso (25/17, 25/15 e 25/17)

17h30 – Rio de Janeiro 3x0 Paraná (25/15, 25/19 e 25/20)

Terceira rodada (06.12)

8h30 – São Paulo 0x3 Rio de Janeiro (23/25, 19/25 e 17/25)

8h30 – Minas Gerais 0x3 Rio Grande do Sul (16/25, 21/25 e 23/25)

10h – Santa Catarina 3x0 Mato Grosso do Sul (25/12, 25/15 e 25/11)

10h – Paraná 3x0 Mato Grosso (25/14, 25/15 e 25/14)

16h – São Paulo 1x2 Rio Grande do Sul (26/28, 25/18 e 19/25)

16h – Minas Gerais 0x3 Rio de Janeiro (14/25, 20/25 e 15/25)

17h30 – Santa Catarina 3x0 Mato Grosso (25/14, 25/16 e 25/7)

17h30 – Paraná 3x0 Mato Grosso do Sul (25/12, 25/18 e 25/11)

Quarta rodada (07.12)

8h30 – São Paulo x Minas Gerais

8h30 – Rio Grande do Sul x Rio de Janeiro

10h – Santa Catarina x Paraná

10h – Mato Grosso x Mato Grosso do Sul

Semifinais

16h – 1º x 4º

17h30 – 2º x 3º

Disputa de 5º a 8º lugares

16h – 5º x 8º

17h30 – 6º x 7º

Quinta rodada (08.12)

Disputa de 7º lugar

8h30 – Perdedor do jogo 32 x Perdedor do jogo 31

Disputa de 5º lugar

10h – Vencedor do jogo 32 x Vencedor do jogo 31

Disputa do 3º lugar

13h – Perdedor do jogo 29 x Perdedor do jogo 30

Final

15h – Vencedor do jogo 29 x Vencedor do jogo 30

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro


Parceiros Oficiais